Sobre...

... a Nutricionista


O meu nome é Mayumi Thaís Delgado e sou uma apaixonada pela nutrição, vivendo esta paixão todos os dias e a toda a hora!

Acredito que todos nos devemos unir na promoção de estilos de vida mais saudáveis, e que nenhum esforço será em vão! Por isso, esforço-me por transmitir e divulgar aquilo que sei em prol desse objetivo!


Caso tenham alguma sugestão para temas, dicas ou receitas, ou alguma questão em particular, podem contactar-me comentando diretamente aqui no blog ou através do email:  cozinharcommenosgas@gmail.com .

(Ordem dos Nutricionistas nº 0960N; Linkedin)


... o Blog


O objetivo deste blog é a partilha de informações sobre nutrição e saúde e receitas saudáveis para que todos possam adotar um estilo de vida mais saudável. Porquê? Veja o primeiro post.

Para o cálculo dos valores energéticos das refeições que recomendo neste blog, utilizo os valores nutricionais que estão na Tabela de Composição de Alimentos do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. Na falta de alguns alimentos nesta tabela, utilizo os dados da Tabela de Composição Alimentar Americana ou, em último caso, os valores de rótulos de produtos em comercialização.

Os valores de conversão utilizados são os que estão legislados no Regulamento nº 1169/2011:


Relativamente às vitaminas e minerais, as Doses Diárias de Referência (DDR) [atualmente VRN - Valor de Referência do Nutriente] também estão no referido Regulamento.

Para se comunicar que uma refeição/alimento é fonte de determinada vitamina ou mineral a mesma deve ter, por 100g, pelo menos 15% da DDR e se for rica em deve ter no mínimo 30% da mesma.


Valores de Referência para Vitaminas e Minerais:


Para além das alegações permitidas para as vitaminas e minerais, existem muitas outras alegações nutricionais permitidas para outros nutrientes, nomeadamente para a fibra, sal, gorduras, light, etc...
Se quiser saber mais consulte o Regulamento (CE) n.o 1924/2006 de 20 de Dezembro de 2006.

Diferente das alegações nutricionais, são as alegações de saúde sendo que para tal é necessário que os produtos sejam pelo menos fonte de alguma vitamina ou mineral, tal como definido no Regulamento anterior, e só podem ser utilizadas as que estão no Regulamento nº 432/2012.


Neste blog tento ser o mais fiel a estas indicações ou a de entidades científicas de referência para que a informação seja credível e esteja em harmonia ao que é preconizado pelas mesmas.




Atualizado a 08/2014.

Sem comentários:

Enviar um comentário